M'A'L EVANGELISTA
O complexo da existência na essência da poesia
CapaCapa TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


EVÊNIX
 
E do barro renasceu... Por que Deus botou a mão
V eja como aconteceu... O milagre em questão
Ê xito de especialistas... Da Polícia Militar
N o encalço de uma pista... Com as mãos a escavar
I nspirados encontraram... A menina em questão
X ainã surgiu do barro... Suspirou ressurreição.

Foi da terra renascida
Como a fênix a retornar
O poeta lhe batiza
Na poesia a declamar

Quatro horas infinitas
Impossível suportar
Essa india tão bonita
Já nasceu para mostrar

Que se Deus lhe deu a vida
Isso tem uma razão
Ela foi a escolhida
Pra vencer essa paixão

A cultura de uma tribo
Fez o mundo observar
Seu suplício um recibo
Que jamais vai apagar

Evênix vem de Eva
Ressurgida vem do chão
E da Fênix ela leva
O sufixo no refrão.

MAL Evangelista... O Poeta Caatingueiro!
Um MAL que só fez bem.
MAL EVANGELISTA
Enviado por MAL EVANGELISTA em 22/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários