M'A'L EVANGELISTA
O complexo da existência na essência da poesia
CapaCapa TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

A UTOPIA DE RAPUNZEL ÀS AVESSAS


E quando não há esperança
D eus faz a mesma nascer
I nocente menina sem trança
C ontém um desejo no ser
É exemplo de resiliência
L imitada mantém sua fé
I nspirada pela pertinência
A rraigada na força mulher
 
Ela sonha em ter seus cabelos
O prazer de sentir-se normal
E sorrir ao olhar-se no espelho
Libertar-se do fato anormal

Lembra o sonho desta Rapunzel
Liberdade, alegria e amor
Numa torre bem perto do céu
Seu desejo gritou com clamor

A mulher presa desde criança
Transformada pela inspiração
Desespero virou esperança
Seus cabelos sua salvação

Uma história de conto de fadas
Não distante da vida real
Mas inversa da que foi contada
Pois sem trança Edicélia é igual

Liberdade lhe falta também
Simplesmente por uma razão
A menina cabelo não tem
Vive triste o seu coração

Tem sofrido demais com tristeza
Desejando voltar ao normal
Quando aos doze perdeu a beleza
Sob os olhos de críticos do mal

Não se sabe como aconteceu
Se um fungo gerou a questão
A calvície lhe apareceu
Coisa rara ou talvez de salão

E buscando acabar este drama
Escreveu a sua questão
Pra o Geraldo que tem um programa
Nos domingos na televisão

Para o mesmo pedindo ajuda
Pretendendo o sonho alcançar
Neste versos que dizem acuda
O Poeta só quer reforçar

O balanço geral contagia
E ajuda o povo sofrido
Pois balança amor e alegria
E por isso ele é preferido

E o problema da linda menina
É bem raro mas tem solução
O detalhe diz a medicina
Mas dinheiro é o xis da questão

Apresento ao mundo este fato
Recitando Rapunzel às avessas
Pra mudar este triste retrato
Compartilho a minha promessa

A menina, moça, mulher
No martírio, a mim procurou
E em mim colocou sua fé
Sutilmente assim murmurou

"Passei fome por ter privação
Até sal em minha casa faltou
Mas pra Deus dediquei oração
Com amor minha fé aumentou"


Sua fala me inspirou a poesia
Que pretende a Geraldo alcançar
Mas pra isso é preciso a magia
Que o leitor com amor vai lançar

Compartilhe de bom coração
Facebook melhor ferramenta
WhatsApp também em ação
Vamos juntos acabar a tormenta

Seja o príncipe desta Rapunzel
Compartilhe a sua oração
Faça o mundo enxergar o CORDEL
Jogue as tranças de seu coração

A RECORD traz a mágica do fato
E Geraldo é o príncipe talvez
Mas é Deus que vai ver esse ato
Solidário humano e cortês

E quando não há esperança
Deus faz a mesma nascer
Inocente menina sem trança
Confiança botou em você.


M'A'L EVANGELISTA... O Poeta caatingueiro!
Um M'A'L que só fez bem...


Certo dia, quando divulgava minhas poesias entre os contato de meus Zap, ela foi uma das recepitora, o fato ocorreu por que o número que antes era de um amigo, passou a ser dela.

Através das ações do destino, Edicélia apareceu em minha vida.

Então, a partir daquele dia, adquiri uma nova amizade por conta do meu trabalho artístico.

Por consequência, ela resolveu me relatar a sua história, a qual me comoveu e resultou neste trabalho vocativo e solidário.

Espero que a mensagem chegue aos olhos de quem pode ajudar a mesma realizar seu sonho. Conto com todos que tenham a sensibilidade para compartilhar esse apelo.

Se em nós, Deus é a chave de tudo. Naturalmente... Nossa fé moverá qualquer montanha...

 
MAL EVANGELISTA
Enviado por MAL EVANGELISTA em 15/03/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários