M'A'L EVANGELISTA
O complexo da existência na essência da poesia
CapaCapa TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Imagem da internet


"A" GEOMETRIA DO AMOR
 
A poesia era quadrada...
E redonda ficaria
Cada letra engendrada
Nova forma surgiria

Mas faltava a letra "A"
Pra poesia ter amor
Cada canto angular
O quadrado emprestou

Ângulo reto se fez raso
Semi círculo da razão
A raiz do por acaso
Trouxe uma exclamação

Procurar outra metade
A poesia pretendia...
O quadrado com bondade
Mais dois ângulos cederia

De noventa, cento e oitenta
Graus são parte da paixão
Razão muito ciumenta!
Do total não abriu mão

Foi buscar a majestade
Fez a volta ser repleta
Replemento da vontade
Com a parte se completa

O quadrado destes versos
Sua forma transformou
E o ângulo do universo
Neste círculo pôs amor.


MAL EVANGELISTA... O Poeta caatingueiro!
Um MAL que só fez bem..


Entre formas, fórmulas e palavras, eis que me surgiu uma inspiração...

Na matemática da vida, na poesia do matemático, a razão é envolvida de um modo enigmático.
MAL EVANGELISTA
Enviado por MAL EVANGELISTA em 10/02/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários